frase marco2017

Contraceção e o ciclo menstrual

Afinal, qual o impacto?

rapariga na cama

A redução do fluxo menstrual é um dos efeitos mais comuns da utilização de métodos contracetivos. Mas será que este efeito se aplica a todos os métodos?

 

Todos os métodos contracetivos afetam o teu ciclo menstrual. Apesar de ser verdade que o impacto destes métodos depende de pessoa para pessoa, é possível apontar, para cada método contracetivo, a forma como afecta o fluxo menstrual com maior frequência.

Pílula

Muitas de nós começámos a tomar a pílula na adolescência, ou para controlar a acne ou para reduzir as dores menstruais. De facto, o principal efeito da toma da pílula é a regulação do ciclo menstrual (28 dias certinhos!) e a redução do fluxo menstrual.

DIU

Este é o único método de contraceção de longa duração que tende a aumentar o fluxo menstrual, podendo causar dismenorreia (dores pélvicas associadas a cólicas menstruais).

SIU

Este sistema de contraceção pode reduzir o fluxo em 96%, assim como as cólicas menstruais. Em alguns casos, a utilização do SIU pode até levar à completa inexistência da menstruação.

Implante

Este é um método eficaz em que o efeito mais comum é a diminuição do fluxo menstrual: em um quinto das mulheres a menstruação passa a ser inexistente.

 

E tu, já descobriste qual o método mais indicado para ti?

 

Atreve-te a descomplicar! 😉

 ###

 

 

Referências bibliográficas:

https://www.cosmopolitan.com/uk/body/health/a19719821/how-contraception-methods-pill-affects-period/

Publicado:

09/08/2018