frase marco2017

Relações longas ou curtas?

Que influência têm no teu método contracetivo

casal a beijar-se em cenário de montanhas

Relações! Ao início não sabemos bem no que vai dar, mas queremos estar protegidas. Só preservativo, chega? Ou queremos proteção a longo prazo? Mas que não seja definitiva… Como decidir?

 

Hoje o tema são as relações e como é que estas podem influenciar a tua contraceção. Provavelmente estás a pensar que diferentes tipos de relação exigem diferentes métodos contracetivos. Mas será? É esse o tema que queremos debater no post de hoje e colocar-te a refletir sobre ele.

Quando estás numa relação longa e duradora e o teu objetivo não é, num curto prazo, engravidar, faz sentido optares por Contraceção de Longa Duração, certo? Teres o SIU ou o DIU é uma forma muito descomplicada de garantires a tua contraceção, sem esquecimentos. Com estes métodos estás sempre protegida contra uma gravidez indesejada, algo que pode não acontecer com a pílula, caso te esqueças da sua toma, ou com o preservativo, caso este se rompa.

Numa relação longa em que tens total confiança no teu parceiro, e ele em ti, e o único objetivo da contraceção é proteger-te contra uma gravidez indesejada, a CLD é o ideal para vos deixar mais livres nas vossas relações sexuais.

“E se eu estiver numa relação curta e sem grande compromisso?” – estás tu, agora, a questionar-te. Provavelmente, nesse caso, achas que apenas o preservativo é suficiente. Queres proteger-te da gravidez e das doenças sexualmente transmissíveis, mas sendo algo sem grande compromisso e frequência, não estás para colocar um método de longa duração. Mas imagina que o preservativo se rompe?  Ficas desamparada, caso não tenhas outro método. Mesmo nestes casos, o SIU ou o DIU são uma excelente opção. E para além de te protegerem contra uma gravidez, os SIUs reduzem o fluxo menstrual ou frequência do mesmo. 😊

Há, ainda, um terceiro cenário. És solteira e não tens intenções de ter qualquer tipo de relação num futuro próximo – será que precisas de um método contracetivo? Por mais decidida que estejas, nunca se sabe o dia de amanhã. Como sempre se ouviu dizer “mulher prevenida vale por duas” por isso, pondera bem! Não é o mais seguro estares desprotegida, mas entendemos que não queres ter que te preocupar com tomas de comprimidos e horários para cumprir sem razões para tal. Por isso é que, mais uma vez, o SIU e o DIU são boas opções se estiveres solteira. O pequeno aparelho está lá, sempre a proteger-te de uma gravidez, e não tens que andar agarrada a uma cartela de comprimidos nem colocar mil alarmes para te relembrares de estar protegida. Assim, se por acaso houver algum evento inesperado, estás protegida. Mas não te esqueças do preservativo, é o único que te protege de doenças sexualmente transmissíveis!

Como podes ver, a Contraceção de Longa Duração faz sentido em qualquer altura da tua vida! Ela está sempre lá para te proteger, sem que dês por ela, e permite-te ser espontânea nas tuas relações.

 

Atreve-te a mudar e #descomplica 😉

 

###

 

Referências bibliográficas:

www.descomplica.pt