frase marco2017

SIU/DIU: serão os métodos ideais para mim?

Ajudamos-te a descobrir

duas raparigas de costas em frente a uma ponte

Cada mulher é única e, por isso, nem todos os métodos contracetivos são adequados para todos os corpos. Fica a saber o que tens de ter em conta na hora de escolher o SIU ou o DIU.

 

O SIU é um tratamento hormonal, pelo que influencia o teu ciclo menstrual. A perda de sangue esporádica e o não aparecimento de menstruação são dois fatores com os quais tens de contar. Caso desejes diminuir as dores ou a periodicidade das menstruações, o SIU é o sistema certo para ti.

Se pretendes uma solução não hormonal, podes optar pelo DIU. Este dispositivo não vai alterar os teus ciclos menstruais, mas pode provocar um aumento do fluxo sanguíneo. Se gostavas de colocar um DIU e tomas anti-inflamatórios por períodos prolongados não te esqueças de o referir.

Estes dois métodos permitem ainda uma contraceção prolongada, não diminuem a fertilidade após serem retirados e não têm restrições de idade. Existem, contudo, alguns casos em que a contraceção intrauterina não é o método mais indicado:

  • Mulheres que sofram de doença inflamatória pélvica ativa ou recorrente;
  • Tumores progestagénio-dependentes ex. cancro da mama (no caso do SIU);
  • Mulheres que sejam alérgicas ao cobre (no caso do DIU);
  • Mulheres que sofram de Doença de Wilson (no caso do DIU);
  • Caso haja uma anomalia na cavidade uterina.

Caso estejas a pensar mudar para a contraceção de longa duração, fala com o teu médico sobre as tuas opções.

Atreve-te a mudar e descomplica! 😊

 ###

 

Referências bibliográficas:

http://www.apf.pt/metodos-contracetivos/dispositivo-intrauterino-e-sistema-intrauterino

http://www.gineco.com.br/saude-feminina/metodos-contraceptivos/diu-e-siu/