frase marco2017

Tudo sobre o Dispositivo Intrauterino - DIU

Sabes mesmo, mesmo o que é?

dispositivo intrauterino em fundo rosa

O DIU, ou dispositivo intrauterino (não confundir com SIU - sistema intrauterino), é formado por um pequeno aparelho de plástico em forma de T que contém um fio de cobre. Mas há muito mais para saber sobre este método contracetivo de longa duração. Vamos, de uma vez por todas, esclarecer todas as dúvidas?

 

Como funciona?

O DIU não impede os ovários de produzirem um óvulo todos os meses, mas liberta iões de cobre que conduzem a uma reação inflamatória que não permite a progressão e sobrevivência dos espermatozoides. Se, esporadicamente, um espermatozoide conseguir continuar o seu percurso, o DIU também funciona como uma barreira mecânica que faz com que o óvulo fertilizado não se implante na parede do útero, inviabilizando a ocorrência de uma gravidez.

Qual a eficácia? 

O DIU tem uma eficácia superior a 99%. As estatísticas mostram que menos de 1 mulher em cada 100 engravida com este método num ano. ☺️

Como é colocado?

O Dispositivo Intrauterino é colocado diretamente no útero através da vagina, pelo teu médico, numa consulta de rotina. Logo após a colocação, ficas altamente protegida em relação a uma gravidez.

Durante quanto tempo é eficaz?

A eficácia do DIU pode durar entre 5 a 10 anos (dependendo do produto que coloques), o que o classifica como um método de contraceção de longa duração. Trata-se, por isso, de uma opção para as mulheres que querem evitar a rotina diária de um método contracetivo (como a pílula), mas que não querem engravidar.

E quando quiser remover?

Poderás mudar de ideias a qualquer momento e o teu médico poderá simplesmente retirá-lo, mesmo que ainda não tenham passado 5 ou 10 anos desde a sua colocação. Após a remoção do DIU, o efeito contracetivo desaparece de uma forma imediata e recuperas rapidamente a tua fertilidade.

É caro?

Os Dispositivos Intrauterinos não são comparticipados, mas podes coloca-los gratuitamente nas consultas de planeamento familiar do Serviço Nacional de Saúde (Centros de Saúde). YEAH! ☺️

Vou engordar?

Esse é um dos mitos que está associado à contraceção de longa duração. Se notares alguma alteração no peso corporal, será mínima e pode não estar diretamente associada ao DIU.

Vou continuar a ter período?

Sim. E a hemorragia pode tornar-se mais abundante com o DIU. Não há uma redução da dor menstrual e há ainda a possibilidade de hemorragias irregulares nos primeiros meses após a colocação.

Precauções?

Pode aumentar o risco de anemia (por redução da quantidade de ferro no sangue) devido ao aumento da perda menstrual. Aconselhamos a que consultes o teu médico de forma a avaliar a tua situação em particular.

 

Afinal, qual a diferença entre o DIU e o SIU?

A principal diferença é que o SIU liberta lentamente hormonas que previnem a gravidez enquanto o DIU usa iões de cobre, mas ambos são métodos que atuam localmente, no interior do útero. Normalmente, o SIU reduz a tua hemorragia menstrual enquanto o DIU tende a aumentá-la.

###