frase marco2017

Cancro do colo do útero

ABC da doença

rapariga em biblioteca

O cancro do colo do útero é o cancro mais comum nas mulheres e como é importante que estejas informada sobre esta doença, hoje explicamos-te o que é, quais os sintomas, como diagnosticar e como prevenir. Vamos a isso?

 

Lição nº 1: O que é o Cancro do Útero?

O cancro do colo do útero é um tumor maligno que tem sempre na sua origem a infeção pelo Papilomavírus Humano (HPV) de alto risco que já explicámos neste post.

Qualquer mulher sexualmente ativa está sujeita a uma infeção pelo HPV. Normalmente, esta é eliminada pelo próprio organismo, no entanto, há casos em que o vírus não é eliminado (por falta de imunidade da mulher ou devido ao grau de agressividade do vírus) e este pode evoluir para lesões cada vez mais graves, podendo dar origem ao cancro do colo do útero. 

Esta é uma doença lenta, podendo levar entre 10 a 20 anos para se desenvolver e é a segunda causa de morte em Portugal nas mulheres jovens, em idade fértil.

 

Lição nº 2: Quais os sintomas associados?

O cancro do colo do útero é uma doença bastante silenciosa e demora muito até se desenvolver, é por isso que é tão necessário fazer exames de rastreio com regularidade.

Quando a mulher tem sintomas, significa que a doença já está num estágio avançado.

Os sintomas mais evidentes são a dor pélvica, sangramento após relações sexuais e corrimento intenso de cor amarela ou rosa e com odor forte.

 

Lição nº 3: Como diagnosticar?

O diagnóstico desta doença passa pela execução do exame papanicolau que deve ser feito periodicamente, idealmente uma vez por ano, no teu ginecologista ou médico de família. Este exame pode, ainda, ser complementado por uma colposcopia e biópsia para confirmar os resultados.

 

Lição nº 4: Como prevenir?

A transmissão pode ocorrer muito facilmente, tanto homens, como mulheres são transmissores da infeção por HPV e para tal basta o contacto genital (pele a pele ou outro). A infeção é por isso maioritariamente transmitida por relações sexuais desprotegidas. Desta forma, a primeira forma de a prevenir é utilizar preservativo.

A vacina contra o cancro do colo do útero, que pode ser tomada por qualquer mulher a partir dos 9 anos mediante aconselhamento médico ou a partir dos 13 anos de acordo com o Programa Nacional de Vacinação.

Em Portugal são diagnosticados, todos os anos, perto de mil novos casos de cancro do colo do útero. Por isso, vamos passar a palavra a consciencializar cada vez mais mulheres para esta doença e informá-las sobre os cuidados a ter para prevenir o seu desenvolvimento.

 

Estamos juntas? ❤️

 ###

 

Referências bibliográficas:

https://www.saudecuf.pt/oncologia/o-cancro/cancro-do-colo-do-utero

http://www.gineco.com.br/saude-feminina/doencas-femininas/cancer-do-colo-do-utero/