frase marco2017

Gravidez ectópica

Um sonho adiado

Gravidez Ectópica

A gravidez ectópica pode ser confundida com uma gravidez normal, mas, na verdade, é uma gestação que ocorre fora do útero e, por isso, é sempre uma gravidez não viável e que pode envolver alguns riscos para a mulher. Explicamos-te tudo neste post. 

 

 

A gravidez ectópica acontece quando a implantação do ovo não ocorre dentro do útero. Na maior parte dos casos desenvolve-se numa das trompas de Falópio, mas também pode desenvolver-se no ovário, no colo do útero ou no abdómen.

Os principais sintomas são dor abdominal, ausência de menstruação e spotting. Algumas vezes pode causar uma dor que erradia para o ombro.

Dependendo do período de gestação, o tratamento pode ser feito através de medicação que impeça o desenvolvimento do feto ou de uma laparoscopia, um procedimento onde a trompa de Falópio pode ser desobstruída ou, em casos mais complicados, removida.

Para além da fragilidade emocional que as mulheres sentem por saberem que a gravidez não tem condições para evoluir, a probabilidade de voltar a engravidar pode diminuir e os riscos para a saúde podem aumentar, mas, felizmente,  é raro acontecer!

Não há forma de evitar uma gravidez ectópica, mas há fatores de risco como, por exemplo, doenças sexualmente transmissíveis.

Se ainda estás longe de te imaginar grávida tens sempre forma de te proteger e de manteres uma vida sexual mais livre e descomplicada, através da colocação do DIU/SIU.

 

Atreve-te e descomplica 😉

###

 

Referências bibliográficas:

https://lifestyle.sapo.pt/familia/gravidez/artigos/o-que-e-uma-gravidez-ectopica

https://www.bestdoctorsblog.com/pt-pt/como-tratar-uma-gravidez-ectopica/

https://www.vidaativa.pt/a/gravidez-ectopica/