Preservativo externo azul

O PRESERVATIVO EXTERNO

O AMIGO FIEL.

RESUMINDO

O preservativo externo é um dos métodos contracetivos mais utilizados. Trata-se de uma fina película de látex ou poliuretano que é colocada no pénis ereto do homem antes da relação sexual. Um reservatório na ponta do preservativo recolhe o esperma, impedindo-o de alcançar o útero e de fertilizar um óvulo. O preservativo previne uma gravidez e protege contra ISTs. Tal como o preservativo interno, é um método não hormonal e não necessita de outros contracetivos para funcionar. No entanto, é importante utilizar um preservativo novo sempre que tiveres relações sexuais.

Os preservativos externos estão disponíveis em várias formas, tamanhos e materiais para satisfazer os gostos e sensibilidades de todas as pessoas. A sua utilização é simples - retira cuidadosamente o preservativo da sua embalagem, aperta o reservatório na ponta e desenrola-o no pénis ereto. Depois da relação sexual, retira cuidadosamente o preservativo – sem derrames nem rompimentos – e deita-o para o lixo. Muitas pessoas preferem utilizar lubrificante com os preservativos, pelo que é importante verificar que tipo de lubrificante é mais adequado ao material do preservativo. Por exemplo, os lubrificantes à base de petróleo podem fazer com que os preservativos de látex se rompam com maior facilidade, por isso
deves preferir aqueles à base de água.
 

Preservativo externo

COMO SE COMPARA A OUTROS MÉTODOS

HORMONAS

Não. O preservativo externo não envolve hormonas.

Facilidade de utilização

O preservativo externo tem de ser colocado no pénis ereto antes de cada relação sexual, sendo necessário um preservativo novo em cada relação sexual.

O TEU PERÍODO

O preservativo externo não tem qualquer impacto na menstruação.

COMPARAR MÉTODOS

TENS MAIS PERGUNTAS?

Marca já uma consulta com o teu médico ou enfermeiro

O QUE PRECISAS DE SABER

1564

Descrição do preservativo por parte do anatomista italiano Gabriello Fallopio surge pela primeira vez na história.

APENAS
UM

Deves utilizar apenas um preservativo durante as relações sexuais, pois mais do que um podem provocar fricção e rompimentos.

10 000
VEZES

Diferença de quão mais seguro é o sexo praticado com preservativo em termos de prevenção do VIH.

  • É autoadministrado e utilizado conforme necessário.
  • Pode ser usado durante a amamentação.
  • Não tem hormonas e pode ser uma opção para as mulheres que sofrem com os efeitos indesejados das mesmas.
  • Muitas pessoas referem que os preservativos masculinos são fáceis de usar.
  • Protege contra o VIH/SIDA e outras infeções sexualmente transmissíveis (IST).
  • Tem de ser colocado sobre o pénis ereto, podendo quebrar a espontaneidade da relação sexual.
  • Pode romper-se, rasgar ou cair se não for corretamente colocado.
  • Algumas pessoas sofrem de reações alérgicas aos preservativos de látex.

PRECISAS DE ACONSELHAMENTO? FALA COM O TEU PROFISSIONAL DE SAÚDE

Marca uma consulta com o teu médico ou enfermeiro para obter o apoio adequado às tuas necessidades.

SERÁ QUE...?

PENSA NISTO

Para funcionar corretamente, o diafragma tem de cobrir totalmente o teu colo do útero. Se achares que o teu diafragma não está bem encaixado, consulta o teu médico ou enfermeira. Eles poderão aconselhar-te acerca da colocação correta. Entretanto, pondera utilizar um método contracetivo alternativo, como o preservativo.

SABE MAIS

CONHECE AS TUAS OPÇÕES

COMPARAR MÉTODOS